Brincadeira de Pião
 
  A Brincadeira de Pião; nós sempre comprávamos os piões de madeira e as
        " Fieiras " ( corda  de  algodão usada para fazer o pião girar ),
        lá no André Maykot. O jogo consistia em primeiro  riscar no chão
        de  barro  ou  areia  das  velhas ruas sem calçamento, um grande
        círculo ( roda de bolinha de vidro ) e em seu centro uma rodinha
        onde eram colocados os piões que " cadochavam " ( não conseguiam
        rodar ) ou  que  não  tinha corrida suficiente para sair da roda
        grande.  Quando  isso  acontecia o dono do Pião perde sua vez de
        jogar e seu Pião vai para a rodinha  central. O primeiro a jogar
        seu  Pião era escolhido por  par ou ímpar ou ai bai bia ou outro
        sorteio qualquer.

  Para  colocar a " Fieira " no Pião tem que se fazer um pseudo laço com
        a "Fieira" na " cabeça do pião ", e  depois seguir com ela até o
        " Ferrão " ( pino de ferro do pião ), para  lá  então  começar a
        enrolá-la no corpo do pião, de baixo para cima de modo  que cada
        volta da " Fieira " fique ao lado da anterior  e cobrindo todo o
        corpo  do  pião.  Para  arremessar  o pião, você deve enrolar um
        pedaço da sobra da " Fieira "  no dedo indicador segurando firme
        e apertado; não deixem afrouxar a " Fieira " que você enrolou no
        pião. Segure-o  com  os dedos polegar e indicador e arremesse na
        roda grande para que ele rode. 

  Deixe  que  ele  rode até parar caso ao parar, não saia da roda grande,
        coloque-o  na  rodinha.  Tendo Pião dentro da rodinha a intenção
        dos jogadores é jogar seus piões lá para fazer com que " Ferrão " 
        bata  nos ou no Pião que esteja na rodinha quebrando ou lascando
        ou  mesmo  só para retira-lo de lá. Quando um pião é retirado de
        lá  o dono tem novamente o direito de voltar a jogar seu pião na
        roda.
      
 
INICIOVOLTA